Quero com vocês de lago muito importante: a defesa dos direitos trabalhistas conquistados. Achei um absurdo essa notícia do UOL* hoje relatando uma reunião de empresários brasileiros com o golpista Temer. O presidente da CNI, Robson Braga,  praticamente defendeu o fim da CLT e sugeriu, como exemplo, uma jornada de 80 horas semanais para os trabalhadores. Isso é a volta a condições do século XIX e um desrespeito às conquistas históricas do movimento sindical. Além disso, querem mexer na previdência social e não pagar esse direito fundamental para o povo brasileiro. Temer praticamente nem reagiu ao pedido dos empresários. Ao que parece, a fala dos empresários vai ao encontro das tais “medidas impopulares” que ele  anunciou, ainda essa semana, ao setor do agronegócio. Se a presidenta Dilma Roussef não for reconduzida ao seu cargo, esse será apenas um exemplo dos desrespeitos aos direitos conquistados.

 

http://economia.uol.com.br/

Livro demonstra que gestão eficaz da limpeza urbana em SP aplica política pública e participação cidadã.
Futebol e política: um movimento coletivo.
Compartilhe

Receba  Informativo

Você assinou nosso boletim com sucesso e em breve receberá correspondência !