A impressionante recepção que Lula e Dilma tiveram em Monteiro (PB), merece entrar para a história política brasileira. Nunca a resposta de um povo foi tão contundente contra um governo ilegítimo, corrupto e oportunista, e tão respeitoso e de reconhecimento a quem verdadeiramente lutou e realizou em seu favor.

Apesar do clima de festa, as palavras de Dilma foram, em vários momentos, de alerta sobre os objetivos das forças golpistas de atentarem contra democracia e tentar impedir a candidatura de Lula em 2018: “Estou aqui para dizer, assim como vieram aqui e contaram mentiras da transposição, eles contarão mentiras para que não tenhamos eleições livres, abertas, amplas. Impedirão? Não! No tapetão, não!”

Lula elogiou o esforço de Ciro Gomes, Dilma e parcerias com prefeitos, parlamentares e governadores do Nordeste pela viabilização da transposição do Rio São Francisco. Criticou a reforma da previdência de Temer: “Esse governo que está aí não tem noção do que representa a aposentadoria rural para uma família. Se eles quiserem consertar a previdência, que dêem emprego e aumento de salário para o povo que eles fazem o país voltar a crescer. E emendou depois: “Mas eu tenho um recado: Não prejudiquem a outras pessoas tentando me prejudicar. O povo não merece essa safadeza que está sendo feita!”

Em maior ou menor grau a imprensa que apoiou o golpe teve que reconhecer a força política de Lula dando cobertura ao evento. Porém, no decorrer da semana é que veremos a verdadeira reação dos golpistas contra o ex-presidente, o PT e as frentes de esquerda. Não será nenhuma surpresa se aparecerem novas mentiras e armações para rechear as manchetes dos jornais.

Estranhamente, no mesmo dia de hoje, foi postado um vídeo do juiz Moro em comemoração a um ano de uma página de rede social administrada por sua mulher. Na mensagem o juiz, que nunca condenou tucanos, disse que a iniciativa “ajudou em um momento muito tenso que nós atravessávamos, pois contávamos com o apoio da grande maioria, ou talvez da totalidade da população para esses trabalhos que vêm sendo realizados na Operação Lava Jato”, disse.

Uma afirmação no mínimo reveladora. Desde quando um juiz depende de “amplo apoio popular” para exercer seu trabalho? Ele não é um agente político eleito. Ou será que pretende ser? No caso em questão, o que deveria contar seria a condução do processo da lava jato dentro do Estado de Direito e consubstanciado por provas. O que não vem infelizmente ocorrendo.

Segundo o portal G1, a referida página “foi criada em março de 2016, na mesma época que Sérgio Moro retirou o sigilo de uma série de interceptações telefônicas do ex-presidente Lula e divulgou o teor das conversas, entre as quais o diálogo de Lula com a ex-presidente Dilma.”

A própria matéria enfatiza ainda que “em maio do mesmo ano, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki, morto em um acidente aéreo no dia 19 de janeiro de 2017, anulou a validade jurídica da escuta, e considerou que o magistrado não tinha competência para analisar o material. Além disso, o ministro considerou irregular a divulgação das conversas.”

Por sua vez, Temer não se pronunciou ou nao foi procurado para falar sobre o ato em Monteiro e realizou uma reunião com representantes de países que compram carne do Brasil.A iniciativa teria o objetivo de oferecer tranquilidade aos países em razão da midiatica operação Carne Fraca da PF. Porém, o almoço, em seguida, oferecido pelo golpista, ocorreu em uma churrascaria em que só é servida carnes provenientes da Europa, Austrália e Uruguai. Fora Temer!

O ato em Monteiro foi acima de tudo a renovação da esperança por um país melhor e pela volta do maior líder popular na história desse país. O Nordeste, que deu Lula para o Brasil, mostrou com força que não aceita se curvar diante das adversidades e retirada de direitos que os golpistas tentam impor. Não tenho dúvidas que a maior parte do país vai seguir esse caminho!

Privatização do Metrô vira desvio de dinheiro
E aprovaram a terceirização selvagem!
Compartilhe

RecebaInformativo

Você assinou nosso boletim com sucesso e em breve receberá correspondência !