Trajetória

Simão Pedro Chiovetti, 53 anos, é casado e pai de dois filhos. Paranaense de Tapira, mora na Zona Leste de São Paulo desde 1973. Formou-se em filosofia, estudou sociologia e fez mestrado em Sociologia Política.

Filiado ao Partido dos Trabalhadores desde 1983, Simão começou sua militância junto às Comunidades Eclesiais de Base e nas pastorais sociais da Igreja Católica e no movimento pela Reforma Urbana, na Cohab Itaquera I.

Cristão militante, Simão sempre acreditou numa Igreja que tenha os pobres como sua opção preferencial, firmando sua convicção socialista. Em meados da década de 1980 chegou a participar de uma brigada de jovens que foram à Nicarágua colher café e prestar sua solidariedade ao processo de libertação naquele país.

Trabalhou na primeira administração do PT em São Paulo e também na gestão petista de Franco da Rocha, quando acumulou experiência como gestor público. Foi chefe de gabinete do então deputado estadual Paulo Teixeira entre 1994 e 2000. Trabalhou também como professor universitário.

Simão Pedro sempre atuou como dirigente partidário, chegando a ser candidato a presidência do PT paulista em 2001, mas nunca deixou de atuar como militante de base. Como Secretário Agrário do Partido deixou uma marca de enraizamento e aprofundamento nas formulações do PT na defesa da reforma agrária e da agricultura familiar e no crescimento do partido no interior do Estado.

Sua liderança e experiência o levou a ser eleito deputado estadual em 2002, 2006 e 2010. Parlamentar dedicado, Simão apresentou dezenas de projetos, alguns transformados em Leis e organizou várias Frentes na Assembleia Legislativa, como da Habitação, da Reforma Agrária, Agricultura Familiar, Defesa das Comunidades Quilombolas, Economia Solidária. Presidiu as comissões de Serviços e Obras públícas e da Educação e Cultura. Sua atuação garantiu conquistas importantes de desenvolvimento em várias regiões do Estado.

Foi líder da oposição e do PT em 2007, quando iniciou a fiscalização e as denúncias das falcatruas do PSDB no escândalo do Metrô em São Paulo. Denunciou o Cartel de empresas estrangeiras e empreiteiras no esquema conhecido como Trensalão.

Em janeiro de 2013 Simão aceitou o desafio de contribuir com a administração do prefeito Fernando Haddad, assumindo a Secretaria de Serviços, responsável pelos serviços de coleta de resíduos, iluminação, funerário, corpo de bombeiros e a conectividade digital, onde se encontram os telecentros e as praças digitais.

Simão Pedro deixou importantes marcas frente à Secretaria de Serviços, como a melhoria na iluminação pública, com as lâmpadas de LED, o aumento da coleta seletiva de lixo e a ampliação dos Ecopontos, as praças digitais com wi-fi gratuito, os Laboratórios de Fabricação digital (FABLABs), o combate a corrupção no serviço funerário municipal, o programa memória & vida, entre outras.

De volta à Comissão Executiva do PT estadual, Simão é o Secretário de Movimentos Populares e Relações Setorias e assessora a Bancada do PT na Alesp.

 Compartilhe nas Redes Sociais

Trajetória

Simão Pedro, 52 anos, é casado com Vilma, pai de Pedro e João. Paranaense de Tapira, mora em São Paulo desde 1973, onde se formou em filosofia e fez mestrado em Sociologia.

Filiado ao Partido dos Trabalhadores desse 1983, Simão começou sua militância junto às Comunidades Eclesiais de Base na Pastoral da Juventude, na Zona Leste de São Paulo e no movimento de moradia, na Cohab Itaquera.

Cristão militante, Simão sempre acreditou numa Igreja dos pobres, firmando sua convicção socialista. Em meados da década de 1980 chegou a participar de uma brigada de jovens que foram à Nicarágua, prestar sua solidariedade ao processo de libertação naquele país.

Trabalhou na primeira administração do PT em São Paulo e também na gestão petista de Franco da Rocha, quando acumulou experiência como gestor público. Foi chefe de gabinete do então deputado estadual Paulo Teixeira entre 1994 e 2000. Trabalhou também como professor universitário.

Simão Pedro sempre atuou como dirigente partidário, chegando a ser candidato a presidência do PT paulista em 2001. Como Secretário Agrário do Partido deixou uma marca de enraizamento e aprofundamento nas formulações do PT na defesa da reforma agrária e da agricultura familiar.

Sua liderança e experiência levou Simão a ser eleito deputado estadual do PT  em 2002, 2006 e 2010. Parlamentar dedicado, Simão apresentou dezenas de projetos e organizou várias Frentes na Assembleia Legislativa, como da Habitação, da Reforma Agrária, Agricultura Familiar, Defesa das Comunidades Quilombolas, Economia Solidária.

Foi líder da oposição e do PT, quando fiscalizou e denunciou as falcatruas do PSDB no escândalo do Metrô em São Paulo.

Em janeiro de 2013 Simão aceitou o desafio de contribuir com a administração do prefeito Fernando Haddad, assumindo a Secretaria de Serviços, responsável pelos serviços de coleta de resíduos, iluminação, funerário, corpo de bombeiros e a conectividade digital, onde se encontram os telecentros e as praças digitais.

Simão Pedro deixou importantes marcas frente à Secretaria de Serviços, como a melhoria na iluminação pública, com as lâmpadas de LED, o aumento da coleta seletiva de lixo e a ampliação dos Ecopontos, as praças digitais com wi-fi gratuito, os Laboratórios de Fabricação digital (FABLABs), o combate a corrupção no serviço funerário municipal, o programa memória & vida entre outras.

 Compartilhe nas Redes Sociais

Receba  Informativo

Você assinou nosso boletim com sucesso e em breve receberá correspondência !